Vaginismo

9424ec_b458597ea83642f0829f4adae763ba8e.jpg_srz_168_168_75_22_0.50_1.20_0.00_jpg_srz

 

Algumas mulheres apresentam dificuldades durante a relação sexual, isso ocorre por um problema conhecido como vaginismo. Esta disfunção impede a entrada do pênis na vagina, fazendo com que a musculatura sofra uma contração involuntária que, geralmente, se dá pelo medo de o sexo ser doloroso ou até mesmo pela dor em si. Além desse desconforto, a sensação de ardência também integra a lista de sintomas.

As preliminares podem até fazer parte da rotina sexual, mas, quando chega a hora da penetração vaginal, é como se uma barreira” se formasse na região. Esse é o grande desafio enfrentado por mulheres que tem vaginismo.

As limitações enfrentadas por essas mulheres, não se resumem apenas ao adiamento do prazer, mas tarefas do cotidiano também são comprometidas, como por exemplo: fazer exames ginecológicos e colocar o absorvente interno durante o período menstrual são tarefas praticamente impossíveis para quem vivencia o problema.

Causas do vaginismo:

As causas para tamanho temor e dor são multifatoriais: Mulheres que tiveram educação repressora sofreram traumas, abusos sexuais ou são influenciadas por religiões que consideram o sexo pecaminoso são as mais propensas a adquirirem o vaginismo, destaca. No entanto, a falta de conhecimento do próprio corpo e a insegurança durante as relações também são possíveis justificativas.

Tratamento:

A primeira coisa é procurar um profissional da área para que possa orientar a paciente para o melhor tratamento. Como o vaginismo é um problema que pode ter diversas causas o importante é buscar uma equipe multidisciplinar para que todos os aspectos sejam abordados, psicólogos, ginecologista e fisioterapeutas com o conhecimento em sexualidade humana são figuras essenciais no tratamento.

O tempo de duração do tratamento varia de acordo com o grau de “bloqueio” provocado pelo vaginismo – podem ser meses ou anos. Mas a boa notícia é que o distúrbio tem cura, sim! O medo é desmistificado, a mulher adquire confiança e aprende que o sexo = prazer!

Giane Nucci

Psicóloga e Sexóloga